Associação de Estudantes na EPPV

Posted ago by administrador

A ideia para criar uma Associação de Estudantes veio primeiro do nosso Prof. Lourenço e só depois de vermos o quanto esta fazia falta à escola e aos alunos decidimos avançar com o projeto da criação da Associação de Estudantes. Para isso, precisávamos de informação e de saber principalmente por onde seguir; através da escola obtivemos a informação sobre a constituição da mesma, bem como a legislação. Seguindo o protocolo necessário o próximo passo seria obter pelo menos 20 associados e realizar a primeira assembleia-geral. Reunimos com os 20 associados naquilo que seria a primeira assembleia-geral da comissão instauradora, onde se prepararam os Estatutos. Depois disso o projeto foi avançando a “passo de caracol”. Um ano e muitas trocas de associados depois, avançamos para a inscrição no site RNPC (Registo Nacional de Pessoa Coletiva), e teríamos que pedir o certificado de admissibilidade e a escritura, que têm um custo. Para que se resolvesse esse impasse, começamos por ir pedir à escola um apoio financeiro, o que nos foi negado, pois a associação é uma identidade independente da escola. Depois de vários entraves, decidimos pedir à Câmara Municipal da Praia da Vitória apoio monetário, que prontamente reuniu connosco e financiou a Associação de Estudantes da Escola Profissional da Praia da Vitória.

Neste ano letivo duas foram as listas candidatas, a S e a P, tendo saído eleita para a AE da EPPV esta última.

Tiago Cardoso

Página de Facebook
Enviar mensagem pelo Facebook
Email: a.eeppv2018.2019@gmail.com

 

 

Projeto EEE – Reunião em Villarrobloedo (19 a 23 de novembro de 2018)

Posted ago by administrador

De 19 a 23 de novembro, sete alunos da EPPV participaram na primeira reunião entre alunos do projeto “Empreendedorismo e Emprego na Europa” que decorreu em Villarrobledo, Espanha. Aqui ficam os testemunhos dos mesmos:

Gostei imenso desta viagem. Consegui aprender coisas novas sobre os outros países que participaram neste projeto, vi lugares bonitos e conheci pessoas incríveis que nunca esquecerei. Foi uma ótima viagem e agradeço por ter conseguido participar e também à professora Telma e à senhora Sandra por nos levarem nesta magnífica viagem. Agradeço também aos professores que disponibilizaram as suas aulas para irmos realizar o trabalho apresentado em Villarrobledo.” Hélio Melo – C4

“Esta viagem foi super enriquecedora a nível de conhecer novas culturas e abrir novos horizontes! Não só pude experienciar um modo de vida diferente durante uns dias, como também pude fazer amizades com pessoas totalmente diferentes de mim, o que foi super interessante a nível social!” – Catarina Oliveira – D4

“Esta viagem a Espanha foi muito enriquecedora, pois aprendi muito sobre outros países, a sua cultura, o seu empreendedorismo. Foi muito bom ter posto em prática o meu inglês e conhecer novas realidades de outras pessoas e seus costumes. Foi uma ótima experiência e espero repetir algo semelhante brevemente.” – Tomé Machado – T3

O Erasmus + deu-nos a oportunidade de conhecer outro país, outras culturas e outras pessoas. Não poderia estar mais grata por todas as vivências com os jovens de outros grupos, bem como por toda a nova aprendizagem. Voltamos para a Terceira de coração cheio graças à oportunidade que nos foi dada.”  -Bruna Freitas – C4

“Foi uma experiência inesquecível, fiz novas amizades para a vida toda e ganhei conhecimentos que serão muito úteis no futuro. Se um dia tiveres uma oportunidade como esta espero que a aproveites e que dês o teu melhor; vais ver que vale a pena.”  – Marcelo Oliveira – T3

Esta viagem foi muito interessante, aprendi muita coisa útil sobre como começar um negócio noutros países. Também foi interessante partilhar os meus hábitos do quotidiano e cultura e aprender sobre os dos outros países.”  – Ricardo Simões – U3

Para mim a viagem correu bem; gostei da experiência, de ter ido a Madrid, de ter conhecido novas pessoas e lugares, do grupo, da professora Telma e da dra. Sandra.” – Felícia Rocha – V3

 

Dia dedicado à celebração do Halloween (31 de outubro de 2018)

Posted ago by administrador

O dia 31 de outubro foi um dia diferente na Escola Profissional da Praia da Vitória. De manhã, todos os cursos de nível 4 assim como os nossos professores e funcionários foram convidados por algumas meninas da turma de receção para se juntarem à festa.

Este dia faz parte do Plano Anual de Atividades da nossa Escola e tem como objetivos dar a conhecer este evento cultural; articular vários cursos e disciplinas num projeto comum; desenvolver, nos nossos alunos, capacidades de pesquisa, seleção e tratamento de informação; estimular a criatividade, a responsabilidade e a autonomia dos alunos; utilizar as novas tecnologias para a produção de trabalhos; desenvolver as capacidades linguísticas, em língua estrangeira, dos alunos; e desenvolver as capacidades técnicas dos alunos, nas disciplinas práticas. Objetivos estes todos plenamente concretizados graças à dedicação dos nossos professores e colaboração de funcionários e direção da escola.

Todos tiveram a oportunidade de visitar as várias “barraquinhas” com os trabalhos realizados pelos nossos alunos ao longo do mês de outubro e tiveram ainda a experiência de passar por um labirinto sinistro e algo assustador que foi dinamizado pela turma de ação educativa e que foi construído por algumas professoras e alunos de produção agropecuária.
Ao almoço, a turma de cozinha do REATIVAR, sob a orientação dos chefs, preparou um almoço temático, que deliciou alunos, professores e funcionários.

De tarde, toda a escola esteve reunida no auditório para assistir a várias encenações, apresentações e vídeos, em língua estrangeira, que foram realizados pelos cursos de multimédia, produção agropecuária; processamento e controlo de qualidade alimentar; restauração (cozinha-pastelaria – 1º e 2º anos); restauração (restaurante-bar – 1º e 3º anos); eletrónica, automação e comando; gestão e programação de sistemas informáticos e ação educativa. Esta atividade foi dinamizada por alguns alunos da turma de receção.
Foi um projeto inovador e transversal que novamente demonstra a cooperação, organização, técnica e dedicação da nossa comunidade escolar.

Visita de Estudo à Cooperativa Biológica BioAzórica (26 de outubro de 2018)

Posted ago by administrador

Os alunos da turma A4, Curso de Técnico de Produção Agropecuária, acompanhados pelo seu Diretor de Curso/Turma e professor da componente técnica do curso, professor Jorge Fernandes, realizou no passado dia 26 de outubro de 2018, uma visita de estudo´/ação de sensiblização à Cooperativa Biológica BioAzórica.

Esta visita, inserida no Plano Anual de Atividades da Escola Profissional da Praia da Vitória, decorreu no âmbito da comemoração do Dia Mundial da Alimentação e teve como objetivos, promover hábitos de alimentação saudáveis, promover hábitos de produção sustentáveis e promover o espírito crítico e a preservação do meio ambiente e dos seus recursos.

À chegada à Cooperativa de Produtos Biológicos BioAzórica, estava à nossa espera o Sra. Mónica Rocha, presidente da mesma.

Começou-se com uma visita às instalações do mercado biológico, acompanhada com uma explicação dos objetivos e da missão da mesma.

De seguida, foi possível conhecer as várias valências desta cooperativa, a sua história, missão e associados, ao mesmo tempo perceber o seu funcionamento e estratégias de ação.

Esta cooperativa de agricultura biológica encarrega-se de recolher e comercializar os produtos biológicos dos seus associados, bem como ter um papel formador e informador da comunidade em geral.

Ao mesmo tempo foram explicadas alternativas à agricultura convencional, bem como a necessidade de uma alimentação saudável e a importância do consumo de alimentos de confiança e benéficos à saúde humana. A par disto, ainda foi referida a função ambiental e de preservação dos ecossistemas que este tipo de agricultura desempenha.

Durante a visita/ação, foi possível perceber a importância de preservar os ciclos vegetativos das culturas, o respeito pelo solo e pela sua conservação, pelas fontes em água, pela biodiversidade e pelos recursos naturais, cada vez mais escassos.

Durante a visita/ação notou-se sempre uma grande interação por parte da presidente da cooperativa com os alunos, havendo sempre espaço para o diálogo e debate das questões que estavam a ser tratadas.

Foi uma visita de grande interesse pedagógico, sendo importante aos alunos perceber que é possível e importante produzir de forma equilibrada e sustentada, respeitando sempre o meio ambiente onde se encontram.

Comemorações do Dia Mundial da Alimentação (16 de outubro de 2018)

Posted ago by administrador

No passado dia 16 de outubro, os alunos da turma D4, do curso de Técnico de Processamento e Controlo de Qualidade Alimentar, comemorou o Dia Mundial da Alimentação, cujo o tema foi a Alimentação Saudável, dando maior importância ao consumo de fruta, em especial aos benefícios do consumo da maçã. Os alunos da turma, construíram uma roda dos alimentos, elaboraram um panfleto alusivo ao tema e visitaram as turmas do primeiro ano, turma E4 – curso de Técnico de Cozinha/Pastelaria, turma F4 – curso de Técnico de Restaurante/Bar, turma G4 – curso de Técnico de Eletrónica, Automação e Computadores e turma H4 – curso de Técnico de Ação Educativa. Na visita às turmas, os alunos apresentaram os conceitos básicos de uma alimentação saudável e responderam a perguntas feitas pelos colegas, entregaram o panfleto e distribuíram uma maçã a cada aluno.

1ª reunião do projeto “Entrepreneurship and Employment in Europe” (01 a 05 de outubro de 2018)

Posted ago by administrador

Na semana de 1 a 5 de outubro, a Escola recebeu os seus parceiros do projeto europeu  “Entrepreneurship and Employment in Europe”. Participaram professores suecos, noruegueses, espanhóis, italianos e, obviamente, portugueses.  Sendo esta a primeira reunião, o principal objetivo era preparar o primeiro encontro de alunos, que decorrerá no próximo mês de novembro, em Villarrobledo (Spain), com seleção dos aspetos a serem tratados e organização das atividades a serem implementadas. Tratou-se de um momento bastante produtivo, uma vez que a troca de experiências entre professores traz grandes benefícios para todos os envolvidos.

Participação no EuroSkills (14 a 28 de setembro de 2018)

Posted ago by administrador

Entre os dias 14 e 28 de setembro de 2018, a aluna Ana Filipa Carola Coelho, do curso de Técnico de Restauração (variante Cozinha/Pastelaria), participou na EuroSkills, na Hungria, cidade de Budapeste.

Neste Campeonato Europeu, participaram os jovens apurados a nível nacional, de várias áreas de formação, onde demonstraram as suas competências profissionais. Entre estes jovens, encontrava-se, a campeã a nível nacional, na prova de Cozinha/Pastelaria, Ana Coelho, aluna da nossa Escola.

A prova de Cozinha/Pastelaria, teve a duração de 17 horas, dividida por 3 dias, fazendo parte da mesma 7 módulos. Ao longo desta prova a aluna teve um desempenho bastante inteligente e de um nível superior à média, estando próximo da excelência, o que mais uma vez nos orgulha a todos, e principalmente, aos professores que a preparam, nomeadamente, a nível técnico o professor Raul Sousa, e a nível do domínio da língua inglesa, a professora Marilynn Almeida.

A um grande bem-haja a todos os participantes!

https://worldskillsportugal.iefp.pt/wsp_noticia/ana-coelho-a-nossa-futura-estrela-michelin/

Demonstração de competências – REACTIVAR (12, 13 e 21 de junho de 2018)

Posted ago by administrador

No cumprimento do Plano Anual de Atividades, e tal como vem sendo hábito na formação REACTIVAR, os formandos realizaram a sua demonstração de competência perante os seus colegas.

Por incompatibilidade de horários, as demonstrações foram divididas por 3 dias. Assim, no dia 12 de junho, as turmas 109 (Técnico de Informática – Instalação e Gestão de Redes) e 110 (Técnico de refrigeração e Climatização) mostraram aos colegas um pouco daquilo que aprenderam ao longo da sua formação como, por exemplo, operações de traçagem e de soldadura em chapas metálicas, no caso da 110; ou clipagem de tomada de rede RJ45 numa calha e configuração de uma rede local em 6 postos de trabalho, no caso da turma 109.

No dia seguinte, dia 13 de junho, foi a vez da turma 108 (Técnico de Cozinha/ Pastelaria) revelar um pouco dos seus segredos culinários, sendo possível observar a confeção, entre outros, de petit gatêau, crepes e sushi.

Finalmente, no dia 21 de junho os formandos da turma de Marceneiro (111) mostraram aos colegas diversas peças por eles realizadas ao longo deste ano e meio de formação, como bancos grandes e pequenos, mesas e camas, bem como os respetivos desenhos técnicos.

Em todas as turmas foram também exibidos alguns dos trabalhos realizados na componente de formação de base.

As turmas, sem exceção, mostraram-se empenhadas e bem preparadas, sendo momentos de agradável convívio entre formandos e formadores, o que ajuda a fortalecer o espírito de grupo e capacidade de entreajuda.

Economia para o Sucesso (22 de junho de 2018)

Posted ago by administrador

No âmbito do Plano Anual de Atividades, a Turma A4, Curso de Técnico de Produção Agropecuária, Nível 4, acompanhados pelo professor Jorge Fernandes, realizou no dia 22 de junho de 2018, uma ação intitulada “Economia para o Sucesso”, dada pelo Dr. Fábio Santos da StartUp de Angra do Heroísmo.

A ação começou com uma apresentação do programa “Economia para o Sucesso”, em que foi referido que este visa fornecer informação básica sobre finanças pessoais e sobre a importância de identificar objetivos de educação e carreira baseados em interesses, valores e qualidades dos alunos.

De seguida, foi realizada uma atividade, em que o objetivo era a apresentação de todos os participantes. Assim, a pares, foram elaboradas e respondidas questões diversas com o intuito de todos se ficarem a conhecer melhor, ao mesmo tempo que foi explorado e trabalhado o conceito e importância do Networking.

Após a realização desta atividade foram debatidas temáticas como o empreendedorismo, a criação de emprego, a criação de riqueza, a realização pessoal e profissional de cada um.

A par do exposto, foi ainda feita referência a tipos de investimentos, formas de financiamento, apoio à instalação de novas empresas, programas de apoio, como seja o PRORURAL+.

Foi uma ação de grande interesse pedagógico, sendo importante aos alunos perceber que é possível e importante ser-se empreendedor nesta área profissional e de que forma podem iniciar, ou melhorar as suas empresas, originando riqueza e realização pessoal e profissional.

Visita à Feira Açores 2018 (15 de junho de 2018)

Posted ago by administrador

Os alunos da turma A4, Curso de Técnico de Produção Agropecuária, acompanhados pelo seu Diretor de Curso/Turma e professor da componente técnica do curso, professor Jorge Fernandes, realizaram no passado dia 15 de junho de 2018, uma visita de estudo à Feira Açores 2018.

Esta visita teve como objetivos visualizar técnicas e equipamentos inerentes ao setor agropecuário, promover o espírito empreendedor e crítico nos alunos no que respeita à criação e riqueza e à preservação do meio ambiente e dos seus recursos.

A visita iniciou-se pelo parque de máquinas e alfaias agrícolas. Os alunos puderam visualizar equipamentos modernos destinados ao trabalho agrícola e não só. São equipamentos essenciais a maximizar o rendimento dos empresários agrícolas, diminuindo grandemente o esforço e a necessidade em mão-de-obra, o que lhes trará certamente mais rendimento.

De seguida, tiveram a oportunidade de visitar o stand expositivo do setor pecuário. Espaço amplo, com todas as condições para o bem-estar animal, bem como para quem dos animais cuida durante os dias em decorre o certame.

Nesta secção foi possível observar as várias raças expostas e animais a concurso, desde da componente leiteira até ao gado de corte.

A par do acima referido, ainda foi possível acompanhar várias tarefas ligadas ao maneio geral dos animais, desde a preparação dos animais a concurso até à preparação e administração das dietas alimentares, passando por todos os processos de limpeza dos espaços.

Ainda foi possível visitar outros stands da feira, tais como os do setor agrícola, bem como da componente florestal.

Ao longo da visita era notório o cuidado que os tratadores tinham com os animais, de forma a provocar nestes o mínimo de stress possível.

Foi evidente o grande interesse por parte dos alunos, já que além de ser uma excelente forma destes conhecerem o que de melhor se faz neste setor, também puderam acompanhar colegas seus que estavam a participar nas atividades da feira, nomeadamente a nível dos diversos concursos com animais que decorreram.

Foi uma visita de grande interesse pedagógico, sendo importante aos alunos conhecer o que melhor se faz no setor agropecuário a nível local, regional e nacional.