Escola Profissional da Praia da Vitória

Digital Story Telling for Adult Learning in the Digital Age (30 de novembro de 2021)

No âmbito do projeto intitulado de “Digital Script: Digital Storytelling for Adult Learning in the Digital Age” com parceiros estratégicos da Alemanha, Roménia e Portugal (Lisboa), realizou-se no dia 30 de novembro de 2021 na Escola Profissional da Praia da Vitória, um evento multiplicador (“multiplier event”), para divulgar a plataforma e-learning do Digital Script como um dos produtos do projeto, que serve para facilitar a aprendizagem digital através do Storytelling (“Facilitating Digital Learning through Storytelling”) para pessoas com poucas competências digitais, à semelhança de como ocorreu nos passados dias 10 e 11 de novembro.

Na plataforma e-learning estão disponíveis diversos recursos teóricos e práticos relacionados com o tema do método de ensino e aprendizagem Storytelling.

Assim, a plataforma foi divulgada a alunos dos cursos de Cozinha/Pastelaria e Restaurante/Bar, do Programa FORM.AÇORES, aos quais se aplicou um pequeno inquérito para avaliar a sua perceção da apresentação feita e dos conteúdos disseminados.

Apresentou-se genericamente o Guia para Aprendizagem Digital, realizado com a colaboração de docentes da Escola; foi explicado passo-a-passo como, em primeiro lugar, se podiam registar na plataforma; em segundo, como navegar na mesma: quais os conteúdos disponibilizados, temas abordados, módulos e recursos, e, por fim, procedeu-se ao seu registo na plataforma e-learning para que possam ter acesso a todos os materiais produzidos.

O projeto foi iniciado em 2019, tendo começado com o desenvolvimento da metodologia para facilitar a aprendizagem das competências básicas de TIC utilizando a narrativa digital. Desse modo, tem como principais objetivos desenvolver as competências pedagógicas de facilitadores de aprendizagem digital, ao usar novas metodologias para o ensino de competências digitais básicas; melhorar a oferta de oportunidades de aprendizagem dirigidas a pessoas com poucas competências digitais e diminuir o risco de marginalização social, económica e cultural das pessoas com poucas competências digitais.

Estes eventos multiplicadores são uma vertente fundamental do projeto Erasmus+, como forma de divulgar os resultados do mesmo e integrá-los de forma prática nos objetivos pedagógicos e estratégicos da própria Escola.